Saúde mental dos colaboradores é sinal de preocupação nas organizações

De acordo com a Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda (SPREV), em 2017 foram registrados 9 mil afastamentos do trabalho por conta de transtornos comportamentais e de saúde mental. Dados da Isma-BR, representante brasileira da International Stress Management Association, mostram que nove em cada 10 brasileiros no mercado de trabalho apresentam sintomas de ansiedade – do grau mais leve ao incapacitante. Diante desse cenário, que preocupa cada vez mais, as empresas buscam por alternativas que melhorem a qualidade de vida dos colaboradores dentro das organizações, como consultoria de profissionais de psicologia e uso de terapias.

A psicóloga Beatriz Moura, especialista em saúde mental pela UFRJ, destaca que os problemas mais comuns são ansiedade, estresse e depressão. “O trabalho é algo importante para o ser humano e pode ser visto como um elemento de dignidade e crescimento. Por outro lado, pode trazer sérios danos para a saúde, como doenças e sofrimento. Um ambiente de trabalho caracterizado por extrema pressão, jornadas longas, rotinas exaustivas, desequilíbrio nos repousos e ausência de diálogo entre gestores e colaboradores pode provocar problemas de saúde mental, além de impactar na produtividade. O emocional é uma dimensão basilar, pois influencia profundamente na motivação, produtividade, nas relações e no ambiente de trabalho.” Ela explica que o estresse, tão alardeado, em si não constitui uma doença. Na verdade, ele é um fator que causa doenças.
 
Beatriz Moura chama a atenção sobre a maneira da chefia lidar com o profissional: “Começa pelo fato de encarar a situação com normalidade. O gestor precisa conhecer o profissional que está sob sua supervisão e entender que cada um é um ser humano antes de ser um profissional. Quando o colaborador avisa sobre o problema e mantém um diálogo aberto, a empatia deve existir de ambos os lados. Não é difícil achar empresas que investem em programas de atividade física e de relaxamento para seus funcionários. Entretanto, não adianta investir nessas propostas se não evitar desgastes corriqueiros como em ambientes com falta de transparência, pressões desnecessárias, situações de assédio, humilhação ou relacionamentos desgastados. Essas situações diárias podem desencadear problemas mais sérios. A preocupação dos profissionais com fatores externos também deve ser respeitado e levada em conta”. 
 
Beatriz Moura alerta que, diagnosticadas, as doenças de saúde mental devem ser tratadas. Elas são um alerta para análise do ambiente de trabalho. “Quando o empregador disponibiliza apoio psicológico será possível lidar com a situação e, também, identificar se existe toxicidade dentro da organização. Nesse ponto, podemos destacar que fazer terapia é algo normal, pois ir ao psicólogo é como ir a qualquer outra área da saúde. Um sinal vermelho seria, por exemplo, a falta de respeito ou a pressão exagerada feita pelos gestores. No momento de cobrar resultados, expor o colaborador com comentários depreciativos, críticas não construtivas e comparações. Esse tipo de comportamento pode prejudicar o trabalho em equipe e provoca mal-estar.”
 
Por isso, é preciso que o empregador procure manter um ambiente saudável para o colaborador. Para isso, é necessário que ele cuide da saúde dos funcionários, atitude que retrata a preocupação do gestor com seus comandados, com se dissessem que desejam que eles se sintam bem e cresçam com a empresa, como profissionais e como pessoas. “O conceito de ambiente do trabalho não se resume simplesmente ao posto ou local de trabalho em si, mas, também, a tudo o que o cerca. A saúde emocional é uma dimensão basilar, pois influencia profundamente na motivação e produtividade dos colaboradores e nas relações e no ambiente de trabalho.
 
Fonte: https://www.em.com.br/app/noticia/emprego/2019/04/10/interna_emprego,1045070/saude-mental-dos-colaboradores-e-sinal-de-preocupacao-nas-organizacoes.shtml
 
 
 
Logo ErgoCorp

Unidade Araraquara

Rua Mato Grosso, 1606. Vila Xavier. Araraquara - SP

PABX Corporativo: (16) 3322-5183

comercial@ergocorp.com.br

Unidade Sorocaba

Rua Terezio Moreira, 115. Jardim Amália. Éden. Sorocaba - SP

(15) 3329-2881

Unidade Anápolis

Av. Paris, Quadra 7, Lote 7, s/n. Parque das Nações. Anápolis - GO