LER e DORT: saiba como prevenir

Você provavelmente já ouviu falar sobre LER e DORT. A sigla LER significa Lesões por Esforços Repetitivos e compreende um conjunto de doenças causadas pela realização de atividades contínuas e repetitivas.

DORT, por sua vez, é uma sigla para Distúrbio Osteomusculares Relacionados ao Trabalho, um conjunto de doenças causadas por movimentos repetitivos ou outros fatores biomecânicos como esforço por levantamento constante de peso, além dos fatores psicofísicos e sociológicos, que atuam sobre o problema.

As duas são síndromes degenerativas e cumulativas e sempre acompanhadas de dor ou incômodo, provenientes não somente da atividade ocupacional intensiva, mas também de atividades realizadas sob intenso estresse. Algumas delas são as sinovites, tenossinovites, tendinites, bursites e Síndrome do Túnel do Carpo, que se caracterizam basicamente por quadros inflamatórios nos tendões e demais estruturas articulares.

O fisioterapeuta Regis Severo, que atua na área de Pesquisa e Desenvolvimento da Mercur, ressalta que os principais sintomas na fase inicial, que são as primeiras quatro semanas aproximadamente, são dor no local ao movimentar e até mesmo em repouso. “Em articulações maiores como joelho e tornozelo, dependendo da gravidade das lesões, podem surgir sinais como febre local e inchaço no local”, alerta.

Ele explica que os problemas mais recorrentes são advindos de movimentos repetidos numa grande quantidade de vezes, em determinado período de tempo, associados principalmente à má postura, a uma característica ergonômica incorreta ou à carga excessiva na realização de movimentos repetitivos, o que potencializa o risco desse tipo de lesão acontecer.

Prevenção é importante sempre

O fisioterapeuta explica também que não só o diagnóstico é importante, mas principalmente reconhecer os fatores que causaram a lesão ou patologia. “A tendinite, bursite, outras lesões ou distúrbios são consequência de alguma outra disfunção, seja um movimento excessivo, seja um trauma repetitivo. Por isso é importante não só tratar a consequência do que aconteceu, é preciso olhar um pouco antes e verificar os fatores de risco, prevenindo a recorrência da lesão de essa lesão ocorrer novamente”, ressalta. Ritmos excessivos, postura rígida ou tensa, ausência de pausas, são contribuições para o surgimento das LER/DORT.

Para prevenir, o profissional recomenda:

– Adequação ergonômica do ambiente de trabalho e atividades do dia a dia.

– Intercalar atividades.

– Fazer alongamento ou aquecimento prévio da região afetada.

– Fazer pausas durante as atividades para descansar e aliviar tensão e sobrecarga.

– Cuidar sempre da postura.

– Praticar exercícios físicos e fortalecimento prévio.

Fonte: https://www.mercur.com.br/noticias/ler-e-dort-saiba-como-prevenir/

 

Logo ErgoCorp

Unidade Araraquara

Rua Mato Grosso, 1606. Vila Xavier. Araraquara - SP

PABX Corporativo: (16) 3322-5183

comercial@ergocorp.com.br

Unidade Sorocaba

Rua Terezio Moreira, 115. Jardim Amália. Éden. Sorocaba - SP

(15) 3329-2881

Unidade Anápolis

Av. Paris, Quadra 7, Lote 7, s/n. Parque das Nações. Anápolis - GO